Skip links

Backup em nuvem: tire aqui suas dúvidas!

Proteger dados, informações e arquivos que a empresa utiliza diariamente é uma das principais funções da área de TI. Ainda assim, 42% dos negócios não possuem ferramentas de cópia de segurança, recuperação e restauração de dados de desktops — e 40% não fazem backup de seus servidores. A solução para reverter essa situação é usar o backup em nuvem!

No post de hoje, vamos entender melhor o que é o backup em nuvem, veremos as reais razões para utilizá-lo em uma companhia, conheceremos as vantagens dele sobre outras soluções e descobriremos sua principal diferença em relação ao armazenamento em nuvem. Continue lendo e tire suas dúvidas sobre o assunto!

O que é backup em nuvem?

Backup é o primeiro e mais importante passo para manter os dados e arquivos de sua empresa seguros. Ele é a base de outras estratégias de segurança da informação, como o plano de continuidade de negócio, ou para evitar pagamentos de resgates e recuperar dados sequestrados em caso de ransomware, por exemplo.

Fazer backup significa ter uma cópia de segurança que pode ser utilizada para restaurar total ou parcialmente as informações perdidas devido a falhas e vulnerabilidades em aplicativos, sistemas ou dispositivos. Essa cópia também pode ser usada quando alguém:

  • excluir acidental ou intencionalmente um arquivo;
  • tiver sua máquina roubada;
  • sofrer um ataque cibernético;
  • tiver seus documentos infectadas por vírus.

Já o backup em nuvem é a forma mais econômica, escalável e segura de manter suas cópias, dadas suas características de não demandar investimento em infraestrutura e manutenção por parte dos clientes, poder ser contratado como um serviço e ter sua capacidade de armazenamento diminuída ou aumentada sempre que necessário.

Por que fazer backup?

O backup em nuvem ajuda uma empresa a se proteger de algumas situações imprevistas:

Falhas de segurança

Até pouco tempo atrás, os ataques cibernéticos eram dirigidos a grandes empresas. Os criminosos virtuais escolhiam uma organização, investigavam seu ambiente de TI em busca de vulnerabilidades e criavam uma estratégia para atacá-la.

Atualmente, o cenário mudou. Agora, são criados códigos maliciosos que vasculham a internet ou se aproveitam de comportamentos inadequados dos usuários para detectar falhas em sistemas de maneira automática. Depois, infectam ou sequestram os dados e exigem um pagamento para devolver o acesso às empresas.

Segundo uma estimativa da revista CIO, serão pagos 5 bilhões de dólares em todo o mundo somente para os desenvolvedores de ransomware em 2017. O backup em nuvem é uma excelente solução para evitar que cibercriminosos lucrem com sua empresa e reduzir seus custos com segurança da informação!

Erros humanos

95% das falhas de segurança são causadas por usuários ou gestores de TI, e não pelas vulnerabilidades na infraestrutura de soluções em nuvem, segundo o Gartner. O backup em nuvem pode ajudar uma organização a corrigir rapidamente esses descuidos de seus colaboradores.

Ele também adiciona uma camada de segurança aos dados para os casos em que funcionários rescindem contratos com a empresa e não repassam os arquivos relacionados às suas atividades. Imagine se um vendedor deixa a sua loja sem repassar os arquivos de propostas, status de oportunidades em andamento e e-mails trocados com os possíveis clientes. Certamente, o backup pode mitigar esses riscos.

Falhas na infraestrutura de sua empresa

Além das possíveis falhas em dispositivos computacionais (como a memória do servidor parar de funcionar), existem outros riscos associados ao local e recursos físicos necessários para o bom funcionamento de sua TI.

Falta ou picos de energia, problemas com o ar-condicionado e até inundações podem causar falhas em hardwares e gerar a perda de arquivos importantes, por exemplo. Com o backup em nuvem, porém, esses riscos são eliminados.

Afinal, toda a infraestrutura de TI é terceirizada junto a um provedor confiável. Sua empresa precisará apenas contratar e configurar as rotinas de backup. Pronto: os dados estarão protegidos.

Quais as vantagens do backup em nuvem sobre outras opções?

É possível fazer backup utilizando mídias como fitas de backup, discos e HDs externos; criando um servidor de backup ou até usando pen drives e CD-ROM (essas duas últimas práticas não são adequadas ou indicadas para empresas).

O problema desses métodos está associado à limitação da capacidade de armazenamento, à possibilidade de falhas no funcionamento do hardware ou de perda desses dispositivos em caso de acidentes e à contaminação dos arquivos de backup por ransomwares ou vírus, caso sejam mantidos na mesma rede que os principais sistemas da companhia.

O backup em nuvem consegue individualizar os arquivos enviados conforme as rotinas definidas pela organização, fazendo com que a recuperação de dados ocorra momentos antes de infecções ou falhas de seu ambiente principal de TI. Ele também possui redundância de cópias, permitindo que, caso um dispositivo de armazenamento falhe, outros tenham cópias idênticas para serem utilizadas.

Por fim, a capacidade dos recursos em computação em nuvem é praticamente ilimitada. Logo, a empresa não precisará se preocupar em comprar novas mídias de backup quando a atual estiver chegando ao seu limite de memória.

Existe diferença entre armazenamento em nuvem e backup em nuvem?

A principal diferença entre armazenamento e backup em nuvem é que o primeiro se dá quando um usuário salva um arquivo ou documento usando um drive na nuvem, já o segundo é uma estratégia conduzida pela companhia de maneira contínua e cíclica para proteger seus dados.

No armazenamento, os usuários podem deletar acidental ou intencionalmente um arquivo e ele jamais será recuperado. Já no backup na nuvem, bastaria que o administrador acessasse o sistema, encontrasse a data da cópia em que o conteúdo ainda estava disponível e o restaurasse em uma máquina.

Ou seja: no armazenamento, o usuário detém todo o poder de salvar, eliminar, substituir ou compartilhar um arquivo. Já no backup, é sua empresa quem mantém uma cópia de segurança de documentos e dados essenciais para suas operações. O primeiro facilita o trabalho dos colaboradores, enquanto o segundo dá segurança para o negócio.

Dentre os projetos de uso de cloud computing e proteção de dados nos empreendimentos, o backup em nuvem é considerado um dos mais impactantes para os negócios, segundo 75% dos líderes de TI entrevistados na pesquisa  CITO Research. Não usar essa estratégia é adicionar um risco às operações cotidianas de colaboradores, clientes e fornecedores.

O backup em nuvem é um passo essencial para a proteção de dados das empresas, mas a computação em nuvem pode agregar outras vantagens para o negócio. Quer saber sobre os principais aspectos a se considerar na adoção e migração para cloud computing? Então, baixe nosso e-book “Como migrar para a nuvem” e descubra o que não pode ser ignorado por seu setor de TI!

Leave a comment