No decorrer dos anos, as inovações tecnológicas vêm ganhando cada vez mais espaço e as empresas que seguem essas tendências se destacam no mercado e adquirem vantagens em relação à concorrência. A cloud computing é uma das preocupações mais recorrentes nas corporações no tocante à segurança de dados, e manter essa nova estrutura robusta e com alto desempenho é um desafio para muitos gestores.

Atualmente, é comum que os empreendimentos tenham estratégias voltadas para a monitoração da nuvem. Porém, ainda são escassos os negócios que possuem uma estrutura dinâmica e estável dessas práticas. A complexidade aumenta a cada dia e se torna cada vez mais importante a monitoração da cloud computing para garantir a segurança e efetividade das empresas.

Dessa forma, preparamos este post para que você saiba o que é essa prática e como ela traz benefícios para o seu negócio. Confira agora!

O que é a monitoração da cloud computing?

Monitorar uma infraestrutura de cloud computing vai muito além do que apenas analisar as ferramentas básicas de rede e checar questões simples do cotidiano das empresas. Os métodos atuais de inspeção fornecem uma abordagem muito mais extensa.

Como tal, tais ferramentas têm a capacidade para analisar e solucionar obstáculos que ocorrem com o design de rede, aplicativos e fluxo de dados. Elas também verificam problemas relacionados a causas raízes e detectam adversidades da virtualização e sistema operacional.

Com apoio nas informações constituídas, as equipes de suporte, TI e gestão podem tomar decisões em ocasiões tanto críticas quanto estratégicas. A estabilização dos dados permite uma surpreendente visão da estrutura usada na nuvem e da etapa de vida das operações, auxiliando constantemente nas melhores tomadas de decisões.

Por que é preciso monitorar?

A monitoração em nuvem proporciona várias vantagens para as empresas e em tempos de crise econômica, a fidelização de clientes está cada vez mais difícil. Dessa forma, cada opção que se apresente como um diferencial para seu negócio traz benefícios para superar a concorrência.

Há empreendimentos que ainda não veem a necessidade de adotar essas práticas. Por conta disso, ter um sistema de monitoramento aumenta a eficiência de segurança de sua empresa, fazendo com que ela se torne muito mais competitiva no mercado — atraindo novos clientes.

Os ataques cibernéticos e roubos de informação são problemas que estão em evidência. Esses criminosos desenvolvem mecanismos criptografados que se estabelecem nas máquinas e passam a desviar e copiar dados para outro computador.

Monitorar e buscar esses códigos não é tão simples e, em vários casos, causam grandes prejuízos para uma organização, por exemplo, a perda de um grande volume de informações.

Os processos de reparo podem ter um custo elevado e demandar bastante tempo. Por isso é importante contar com uma mão de obra especializada e capaz de encontrar cada um dos agentes causadores de danos.

Além do mais, os sistemas de segurança da informação servem para monitorar o comportamento de colaboradores e usuários de sua rede de intranet ou internet.

Quais são os pontos críticos de monitoramento?

Ao ter conhecimento sobre a arquitetura de uma solução hospedada na nuvem, é possível determinar os setores considerados estratégicos que precisam ser monitorados. Vejam alguns exemplos.

Infraestrutura de rede

Iniciando com o essencial: a estrutura de comunicação. Sem ela, a confusão está estabelecida e não é possível realizar as operações. Nesse aspecto, é fundamental ter um desenho completo da rede para delinear o que deve ser monitorado, as prioridades e processos a serem feitos em caso de problemas. Os links de internet, switches e roteadores são alguns modelos de ativos a inspecionar.

Software e hardware

Aqui observa-se os servidores e sistemas operacionais usados como principais ativos para fiscalização. Isso quer dizer que é preciso verificar a disponibilidade, otimização, tempo de resposta e informações, como versões instaladas e updates.

Banco de dados

Local em que todas as informações do empreendimento são armazenados. Sua indisponibilidade proporciona muitos prejuízos financeiros. Por conta disso, é importante monitorar o seu estado e os processos de backup dos dados.

Segurança

A segurança da informação contorna praticamente todos os setores que estão descritos nesta lista, mas a visão de monitoramento aqui adotada engloba os riscos de roubo de dados e indisponibilidade. Além do risco financeiro, a imagem do negócio será colocada em xeque, caso ocorram incidentes de segurança.

Softwares empresariais

É a parte que cuida das operações do empreendimento nas questões internas e externas. São os aplicativos utilizados para atender colaboradores e clientes. Além de fiscalizar todas as soluções aplicadas no cotidiano, normalmente existem as equipes de suporte para solucionar problemas e sanar dúvidas dos usuários.

Essa lista estende-se para outros setores e ativos. Como foi falado, a compreensão da arquitetura de toda a solução será o ponto inicial para criar a melhor estratégia de monitoramento.

Como operacionalizar a redução de custos?

Como se percebe, a monitoração da cloud computing garante benefícios para disponibilidade do ambiente cloud, gestão efetiva dos servidores, garantia de segurança virtual e possibilidade de mensurar indicadores de performance da rede utilizando análises quantitativas.

Assim, diante de tais benefícios, é possível perceber os problemas a que sua empresa se sujeita e as soluções apresentadas pode ocorrer:

  • instabilidade;

  • problemas de segurança;

  • necessidade de manutenções fora de prazo.

Dessa forma, é de inteira responsabilidade do monitoramento, apoiado pela equipe responsável de TI, salvaguardar o pleno funcionamento das operações. Isso permite que a gestão financeira dos custos voltados para os serviços na nuvem seja otimizada. Com a aplicabilidade dessas premissas, fica bem mais fácil e seguro presumir o ROI (retorno sobre o investimento), com a apresentação de números positivos.

Uma gestão eficiente sempre corre atrás de mecanismos que focam no desempenho e no controle dos negócios. Portanto, o monitoramento em nuvem é uma opção coerente e rentável para qualquer empreendimento.

Como a New Relic Web Application Performance Management pode ajudar?

Essa ferramenta permite identificar e solucionar qualquer problema em suas aplicações. Assim, em uma interface única é possível monitorar todos os detalhes que abrangem desde a experiência do usuário, passando pelos recursos disponibilizados pelos servidores, até as rotinas do código.

Sua arquitetura é baseada em SaaS e essa solução é líder do quadrante mágico do Gartner. Ela possibilita flexibilidade, liberdade e controle total sem os custos altos e dificuldades de instalação de ferramentas tradicionais.

E aí, gostou do nosso post sobre a importância do monitoramento da cloud computing para as empresas? Entre em contato conosco e conheça nossas soluções!