Será que vale a pena utilizar os antigos data centers dentro de uma companhia? Com o surgimento do cloud server, as empresas viram a novidade como opção ao hosting tradicional. Mas, afinal, o que há de diferente entre ambas as tecnologias?

Além de não precisar comportar as máquinas em sua empresa, as diferenças podem ser fundamentais para melhorar a estratégia em seu empreendimento.

Para entender as respectivas características, separamos, em nosso artigo, as principais diferenças entre cada um. Deseja saber mais? Continue acompanhando!

Saiba o que é cloud server

O cloud server consiste no armazenamento de dados e aplicações em nuvem. Comparado ao hosting, a empresa passa a contratar o serviço, tornando a fornecedora responsável pelos processos da infraestrutura.

Assim, não é preciso se preocupar em contar com uma equipe de TI apenas para cuidar do equipamento, pois a máquina é mantida na empresa contratada, se tornando uma ótima vantagem para quem deseja reduzir custos com manutenção ou até mesmo energia.

Entenda o que é hosting

De forma direta, o hosting é o ambiente responsável por hospedar aplicações dentro de um data center da empresa, sendo possível tanto alugar quanto adquirir um próprio.

Por ser instalado dentro da companhia, o uso do equipamento é responsabilidade da empresa que contrata o serviço em hosting. Dito isso, é preciso contar com uma equipe de TI interna tanto para realizar manutenções, quanto para gerenciar as ações da máquina.

Saiba as principais diferenças entre cloud server e hosting

Apesar de suas funções terem o mesmo propósito, saiba que as tecnologias trazem diferenças que podem ser fundamentais para a sua empresa. Veja a seguir!

Mantenha os serviços sempre ativos

No cloud server, a carga é equilibrada em um cluster distribuído entre vários servidores. Isso significa que tanto os aplicativos quanto as informações são espelhadas em todo o cluster. Dessa forma, mesmo que um servidor fique indisponível, a empresa não corre risco de perder informações nem tempo de inatividade, tornando o trabalho consisitente.

Por outro lado, os servidores dedicados correm não apenas riscos de perder os dados, como é possível apresentar falhas graves de hardware, caso se depare com um problema no servidor. Isso se deve ao fato da ausência de servidores para espelhar as aplicações.

Tenha escalabilidade de recursos

Uma das maiores vantagens oferecidas pelo cloud server é a facilidade em escalar os componentes da máquina. Assim, caso precise melhorar a performance de uma aplicação, é possível solicitar à empresa fornecedora o aumento de desempenho em componentes como: tráfego, CPU, memória RAM e até mesmo o armazenamento.

Já com o hosting, não há a mesma facilidade. Ao contratar o serviço, a empresa deve acordar um valor fixo a ser utilizado, se tornando um problema. Por conta da limitação, você não terá a mesma facilidade de expandir o seu uso futuramente.

Conte com a proteção e segurança

Ao contratar um servidor em cloud confiável, a empresa delega a área de segurança das informações. Por ser uma equipe especializada, você pode contar com um suporte dedicado à área de TI, criptografia dos dados armazenados, firewall e também à restauração e backup das informações.

Com o hosting, a sua empresa passa a ser responsável pela segurança dos dados. Assim, é preciso contar com uma equipe interna para acompanhar desde a manutenção da máquina, até as rotinas de backup a serem feitas.

A prática pode levar tempo até que mantenha o servidor estável, já que você precisará capacitar os colaboradores para que se habituem aos processos descritos anteriormente, se tornando um grande custo de tempo e financeiro.

Entenda a relação custo e benefício

A solução de cloud server tem chamado a atenção das empresas por ser um serviço “on-demand”, ou seja, são plataformas onde é necessário pagar apenas pelos serviços que utilizar. Assim, sendo uma ótima opção para as companhias que não costumam usar todos os recursos solicitados.

Os servidores hosting contam com um plano fixo a ser pago mensalmente. Dessa forma, mesmo que não utilize todos os recursos, você precisará pagar pelo valor acordado, se tornando um custo desnecessário para o seu orçamento.

Tenha o controle da tecnologia

Como o serviço é feito pela empresa prestadora, você tem pouco acesso às configurações do servidor em cloud. Mas não devemos olhar como um ponto negativo, afinal, você contará com uma equipe preparada para oferecer o melhor para a sua companhia.

Já o hosting oferecem melhor personalização, já que você tem acesso completo ao servidor. Assim, é possível fazer alterações e instalações de programas por conta própria. Para isso, é preciso contar com uma equipe capacitada para realizar as operações.

Foque no que é importante

Como dissemos, ao contratar uma empresa especializada em nuvem, você poderá delegar todas as tarefas, bem como a manutenção, segurança e rotinas de backup para o suporte oferecido pela companhia prestadora.

A prática permite que você concentre todos os seus funcionários a executarem tarefas estratégicas da companhia, sendo assim possível dispensar custos em contratações e treinamentos para executar essas atividades.

Caso contrário, com o data center dentro da empresa, será necessário contar com uma equipe específica para se responsabilizar pelos processos. Caso tenha recursos e tenha uma equipe, não será um grande problema para você.

Escolha a melhor opção

Quando comparamos duas tecnologias distintas, imediatamente vem à nossa cabeça comparar ambos para saber qual o melhor a ser escolhido, e respondemos a questão: depende do projeto a ser desenvolvido.

Por ser um formato personalizável, que você paga apenas pelo que for usado, não há como negar o quanto o cloud server pode ser interessante tanto para pequenos empreendimentos, no qual pagará valores menores por conta do uso, quanto a sua facilidade de expansão, caso veja o seu empreendimento se desenvolver.

Por outro lado, o hosting se torna uma opção bastante limitada, sendo interessante apenas se você contar com uma equipe especializada e tiver recursos disponíveis para cuidar de seus processos.

Como vimos no artigo, apesar do serviço oferecido ser o mesmo, as tecnologias são bastante divergentes em suas características. Afinal, a tecnologia em cloud surgiu para oferecer opções mais práticas para as companhias.

Não apenas por dispensar o uso de data centers em sua companhia, mas pelo próprio serviço prestado pela fornecedora. Podemos ver o quanto o cloud server é uma grande vantagem competitiva para as companhias que desejam melhorar a produtividade e reduzir custos com manutenções ou energia.

Para saber mais sobre o que a tecnologia cloud server pode oferecer para a sua companhia, siga a gente no Facebook, Linkedin, Twitter e Google Plus!

Confira também