Skip links

AWS tem o maior crescimento da história

AWS anunciada como “A Companhia de Tecnologia de maior crescimento da história”

Best Sullivan, 04 de novembro de 2015.

Negócios de computação em nuvem da Amazon Web Services (AWS) foi anunciado como o “maior crescimento entre as empresa de tecnologia na história” em uma nota divulgada pelo Deutsche Bank.

Escrito por analista do Deutsche Bank Karl Keirstead, a nota prevê que a AWS vai bater receitas de US$ 16 bilhões em 2017, o que significa que poderia ter uma valorização de US$ 160 bilhões.

“Medida por receitas, AWS é de aproximadamente 6x maior do que seu maior rival Microsoft Azure e é sem dúvida a maior força disruptiva em todo o mercado de tecnologia da empresa hoje”, afirmou a nota.

No último trimestre o negócio em nuvem da Amazon cresceu 78 por cento no ano, gerando uma receita de U$2,1 bilhões. Os lucros chegaram a 521 milhões de dólares.

Gigante

Estas estimativas do Deutsche Bank coloca a AWS no topo com os legdos gigantes. A IBM apresenta, atualmente, uma valorização de US$ 160 bilhões, enquanto a Oracle é US$ 170 bilhões. Comparando estas são empresas com a AWS que é uma divisão da Amazon e que vem operando desde 2006, não é pouca coisa.

A nota também aplaudiu o chefe da AWS, Andrew Jassy.

“Enquanto Marc Benioff da Salesforce é um ícone na indústria de software”, ele disse, “Andrew Jassy da AWS mantém um perfil relativamente baixo, em nossa opinião poderá ser o mais subestimado chefe de empresa de tecnologia do mundo.”

Na conferência anual da AWS deste ano em Las Vegas, Jassy saiu de seu escudo para falar com imprensa.

“Toda grande empresa de tecnologia do mundo está marchando rápido agora para tentar construir uma cópia do que AWS construiu”, vangloriou-se Jassy.

“Isso não é uma surpresa para qualquer um de nós da AWS ou para alguém que vem trabalhado no negócio desde o início. Nós esperávamos que houvesse muitas empresas a nos perseguir ”

No início deste ano, o analista da IDC, David Bradshaw, disse ao TechWeekEurope: AWS manteve seu ritmo de inovação alto, introduzindo, continuamente, novos tipos de serviços e extensões para serviços existentes, e eu espero que a receita continue crescendo fortemente nos serviços públicos de computação em nuvem, na Europa, como um resultado.”

Microsoft

A nota também elogiou a Microsoft Azure, serviço de oferta de nuvem pública da Microsoft. Keirstead disse que a Microsoft é a número dois no mercado de infraestrutura de nuvem, com receita anual estimada de US$ 1,4 bilhão.

Mas a Azure, que responde por cerca de 2 por cento das receitas integrais da Microsoft, tem um longo caminho a percorrer antes de recuperar o atraso com a AWS.

Bradshaw disse ao TechWeekEurope: “Não há falta de concorrentes no mercado IaaS, e alguns concorrentes cresceram ainda mais rápido do que a AWS. No entanto, todos eles têm um longo caminho a percorrer antes que eles possam apresentar um sério desafio à liderança de mercado da AWS.”

Em Outubro, na conferência anual re:Invent, a AWS anunciou uma série de novos serviços que espera ajudá-la a manter-se na frente. Eles incluíram uma plataforma “Internet das Coisas” chamado AWS IoT, uma caixa de armazenamento físico chamado Snowball que ajuda as empresas a mover grandes quantidades de dados fisicamente, e novas instâncias de “cargas de trabalho empresariais exigentes”.

Leave a comment