Skip links

Como reduzir seus custos na AWS utilizando reservas

O aumento da adoção da nuvem como ferramenta para a Tecnologia da Informação segue em ritmo cada vez mais acelerado. Neste cenário, a Amazon Web Services (AWS) está cada vez mais presente no dia a dia das empresas que, por sua vez, buscam formas mais eficientes e econômicas de executar suas operações.

Entretanto, nem todo mundo sabe que as reservas na AWS são uma forma extremamente eficaz de reduzir ainda mais os custos do serviço. Pensando nisso, mostraremos aqui tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Confira!

O que são as reservas na AWS

Um questionamento comum entre quem utiliza serviços em nuvem é de que forma seria possível otimizar a relação entre valor investido e recursos utilizados. As AWS Reserved Instances (RIs), ou reservas da AWS, são a resposta para essa pergunta, pois foram criadas com o objetivo de proporcionar mais tranquilidade no uso e redução de custos.

Elas funcionam como uma espécie de reserva de recursos e espaço na plataforma durante um período específico predeterminado. Ao contrário do serviço sob demanda, as reservas na AWS permitem que você defina um pacote específico durante certo tempo, por um valor fixo.

Este montante diz respeito ao tempo total de uso, em vez de apenas às horas utilizadas. À primeira vista, pode parecer confuso, mas isso representa uma importante diminuição do valor final.

De acordo com as necessidades de sua empresa, as reservas oferecem algumas vantagens que se tornam significativas quando colocadas na ponta do lápis.

Quais os benefícios do uso de reservas na AWS

Redução de custos

Não dá para falar de modificar uma estratégia de ação sem pensar nos reflexos que isso terá do ponto de vista financeiro. Principalmente quando o assunto é uma ferramenta técnica e tão importante quanto a nuvem.

Ao contratar reservas, a empresa faz um investimento fixo referente ao período todo, que pode ser de 1 ou 3 anos. Em troca, o valor cobrado por hora é reduzido significativamente. Trata-se de uma estratégia para criar um acordo de benefício mútuo entre a Amazon e a empresa que utiliza a plataforma.

Dependendo do pacote escolhido e o tempo de utilização, o desconto pode ser de até 75%! É uma margem enorme para que sua empresa possa investir em outros recursos.

Garantia de disponibilidade

Contar com reservas faz com que sua empresa tenha total garantia de disponibilidade de recursos e espaço durante todo o tempo que precisar para rodar suas aplicações. Além disso, pode contar com uma reserva em uma Zona de Disponibilidade (Availability Zone) específica. Isso é extremamente importante para empresas que precisam manter uma certa quantidade de operações sem interrupção.

De forma geral, sua equipe de TI deixa de se preocupar com possíveis problemas de disponibilidade e foca em questões mais importantes ligadas às aplicações da empresa.

Segurança contra falhas e interrupções

Muitas empresas que utilizam o serviço On Demand da AWS buscam por melhorias para atender as demandas de seus clientes. Na maioria dos casos, isso está ligado à necessidade de acessar as aplicações em execução sem correr riscos de interrupções ou falhas.

As reservas oferecem garantia de recursos e, consequentemente, proporcionam segurança contra esse tipo de problema. As operações não correm o risco de interrupção.

No caso de uma mudança coletiva de usuários entre uma Zona de Disponibilidade e outra por problemas meteorológicos, por exemplo, a de destino pode ser sobrecarregada e apresentar falhas. Com uma reserva garantida, sua empresa estará isenta desta situação indesejada.

Esteja você usando ou não, ela estará disponível.

A estrutura das reservas

A contratação de uma reserva na AWS exige que você faça um estudo das necessidades de sua empresa levando em consideração algumas características. Mostraremos, a seguir, quais são elas.

Plataforma

Diz respeito à plataforma utilizada pelo sistema — Windows ou Linux, por exemplo. A escolha depende de qual delas é mais importante para sua empresa, considerando a que você utiliza e a que melhor atende aos outros usuários que acessam suas aplicações.

Tipo de instância (Instance type)

Basicamente, é o modelo da reserva. Pode ser, por exemplo, m4.large, que é composto pela família m4 e tamanho grande (large).

Zona de disponibilidade (Availability Zone)

Como citado anteriormente, é preciso escolher uma das zonas disponíveis. Isso deve ser especificado no momento de contratação. Vale lembrar que é possível optar pelo escopo de uma região toda ao invés de uma única zona.

Locação (tenancy)

As opções são entre manter suas reservas em um hardware compartilhado (default) ou dedicado. É preciso ter atenção já que, em alguns casos, é fundamental manter suas aplicações com recursos dedicados.

O acesso dos clientes às suas operações é um bom exemplo de como isso pode ser importante. Além disso, é uma maneira de garantir a segurança de seus dados para o caso de ataques ou tentativas de invasão.

Período (term)

Por fim, é preciso definir o tempo estimado de uso. Basicamente, ele pode ser de 1 ou 3 anos. Porém, é possível consultar as condições gerais no AWS Reserved Instance Marketplace.

Como a redução de custos é alcançada

Entender como um plano de longo prazo pode resultar em menos gastos é simples. Porém, a redução de custos proporcionada pelas reservas na AWS vai um pouco além. É preciso imaginar o cenário real que ela passará a influenciar.

Empresas que optam pela implementação de um ERP em nuvem, por exemplo, costumam buscar por mais desempenho em suas relações com os clientes. Imagine simplificar, por meio da nuvem, o longo processo burocrático de solicitar uma nota fiscal. Casos reais mostram que isso é possível se o ERP for implementado com uma configuração otimizada e de forma ágil.

A questão é fazer uma avaliação detalhada de suas operações e identificar quais os processos que possuem desempenho razoavelmente previsível ou que, por algum motivo, necessitam de recursos disponíveis para momentos inesperados.

Com isso definido, basta contratar uma reserva e utilizá-la para alocar essas aplicações. O melhor de tudo é que você pode contar com o suporte de profissionais capacitados para fazer essa migração e, de quebra, otimizar a configuração de seu sistema.

As reservas na AWS vêm se mostrando uma excelente opção para quem busca não só a redução de custos, mas o aumento do desempenho de suas operações e, consequentemente, a valorização da empresa.

Faça uma avaliação de seus recursos e veja de que forma essa exclusividade pode ser a alternativa que você busca para suas atividades de TI!

Quer saber mais sobre o AWS? Então inscreva-se em nossa newsletter e receba outros conteúdos sobre o tema!

 

Leave a comment