Trabalhar com um modelo robusto de previsão financeira pode ser a diferença entre o sucesso e o fracasso de um negócio. Hoje, com o avanço tecnológico, uma excelente opção é utilizar os recursos da nuvem para fazer isso. Entretanto, é necessário um bom gerenciamento para que o apontamento de informações seja acertado, garantindo precisão em todas as operações e facilitando a tomada de decisões.

Existem muitos tipos de solicitações de previsão, sendo que cada um exige conjuntos de dados diferentes para serem resolvidos. Portanto, devemos buscar sempre dados históricos confiáveis para organizar orçamentos, requisitos de capacidade ou outros indicadores que melhorem a efetividade das projeções, porque, quando elas se baseiam em dados defeituosos, as consequências podem ser muito prejudiciais às empresas.

Continue a leitura deste artigo para saber qual é o impacto das previsões financeiras em um empreendimento, bem como a vantagem de utilizar a nuvem para fazê-las.

O que as previsões financeiras representam para o negócio?

A saúde financeira é um dos melhores indicadores do potencial de crescimento de longo prazo de uma empresa. Geralmente, aqueles que têm conhecimentos sobre finanças empresariais têm empreendimentos com maiores receitas e lucros, além de conseguirem se manter no mercado por bastante tempo. Por exemplo, dados do IBGE indicam que fecham mais empresas do que abrem no Brasil e um dos principais fatores que influenciam nisso é o despreparo dos empreendedores em relação às questões financeiras.

Para iniciar uma trajetória rumo ao conhecimento financeiro, é necessário realizar uma análise de seu negócio a fim de entender tanto os custos quanto as despesas fixas e variáveis, bem como saber a respeito da precificação e da situação do mercado em que atua.

Também é interessante fazer uma análise operacional para entender e desenvolver processos no dia a dia. Usando modelos matemáticos, análises estatísticas e métodos de raciocínio lógico, essa análise visa determinar se cada área da organização está contribuindo efetivamente para o desempenho geral e para o avanço da estratégia da empresa.

Isso garante que as ações estejam alinhadas ao seu planejamento estratégico e, consequentemente, às finanças. Examinando o desempenho atual da parte operacional de um investimento e, em seguida, comparando-o com um conjunto estabelecido de parâmetros de desempenho, a análise operacional pode revelar os pontos fortes e fracos da empresa, bem como oportunidades de melhoria.

A partir daí é possível trabalhar com modelos confiáveis de previsão financeira, permitindo que as decisões operacionais caminhem em direção à aceleração do crescimento. Quando as previsões, as receitas e as despesas reais são estreitamente combinadas, cria-se um ambiente e uma cultura que têm influência direta no sucesso.

Quais são as vantagens de utilizar a nuvem para fazer previsões?

O cloud computing é uma forma eficiente de armazenar e trabalhar com dados em grande quantidade. Antes, dependíamos de planilhas que não tinham boa capacidade de processamento e estavam sujeitas a inúmeras possibilidades de falhas, o que prejudicava muito o acerto das previsões. Hoje, os sistemas computacionais fazem todo esse trabalho de forma automatizada, trazendo diversos benefícios. Confira quais são:

Faça mais com menos

Com a computação em nuvem, as empresas podem reduzir o tamanho de seus data centers — ou eliminar completamente sua necessidade. Adotando a nuvem, é possível reduzir o número de servidores, os custos com softwares e o número de funcionários, diminuindo significativamente os custos de TI sem afetar a capacidade de gerenciar dados.

Aumente a produtividade

Uma das vantagens mais importantes da utilização de sistemas de gestão na nuvem para a construção de previsões está relacionada à produtividade, tanto para quem gerencia quanto para o responsável pela apuração e construção dos modelos. Essa ferramenta permite a centralização dos estudos financeiros e operacionais em um mesmo ambiente, automatizando o levantamento de dados e disponibilizando relatórios em tempo real.

Para o gestor, contar com todas as informações disponíveis em um só lugar reduz a perda de tempo e de recursos dedicados à geração e cálculo desses indicadores. Com isso, ganha-se performance na identificação de gargalos em processos e de tarefas que poderiam ser feitas de outras formas, liberando profissionais para a execução de funções mais relevantes.

Ganhe escalabilidade

A gestão operacional e financeira feita via cloud computing é, intrinsecamente, escalável e flexível e pode aumentar exponencialmente os ganhos de produtividade, não havendo diferença de esforço para gerenciar um negócio que venda dez, cem, mil ou milhão de produtos por mês, por exemplo. Por maior que seja um data center, se for organizado e monitorado, será sempre acessível e capaz de retornar os dados de interesse.

Tenha um backup de dados seguro

Se você não tiver tempo ou recursos para implantar uma estratégia de backup, ou se mantiver seus dados nos próprios computadores, a nuvem pode ajudar a recuperar as versões mais recentes de seus dados no caso de falhas no sistema local ou de um desastre, como um incêndio ou inundação.

Você pode escolher um serviço baseado na nuvem para fazer backup de seus dados com segurança em uma frequência de tempo ou automaticamente. Caso aconteça um problema, é possível recuperar as informações e voltar a funcionar rapidamente. Isso é uma realidade bastante diferente do cenário que tínhamos antigamente, em que encontrar informações de vendas de anos anteriores demandava um certo trabalho.

Gerencie melhor o crescimento

Como os recursos da nuvem são escalonáveis, você pode aproveitar para aumentar a capacidade de gerenciamento à medida que observar o crescimento de suas operações e da geração de dados.

Um dos aspectos mais desafiadores ao administrar uma empresa é prever quais são os recursos que ela precisará para aproveitar as oportunidades sem fazer investimentos desnecessários. Com a utilização da nuvem, você poderá ter dados mais confiáveis para reagir às demandas conforme elas surjam e, assim, aumentar sua eficiência.

Para fazer a previsão financeira corretamente, é preciso parametrizar os sistemas e treinar os colaboradores para inserir e extrair dados de relatórios. É fundamental promover o alinhamento entre os controles de receitas, custos e despesas, pois são os principais componentes que impactam nas projeções. Quando a empresa consegue realizar isso de um modo ajustado, há um aumento da confiança entre seus acionistas, colaboradores e demais partes interessadas.

Este artigo foi útil? Então siga-nos redes sociais – Twitter, LinkedIn e Facebook – e fique sempre ligado em nossos conteúdos!