No ambiente corporativo, o futuro já está batendo à porta. Com a revolução tecnológica pela qual passamos e a transformação digital cada vez mais estabelecida, novas formas de lidar com os recursos de uma empresa precisam ser avaliadas. Nesse sentido, a cloud computing é, sem dúvida, uma das ferramentas mais promissoras.

Muitos gestores e administradores já começaram a compreender que é preciso agir e se preparar para um futuro na nuvem. Entretanto, é comum que surjam algumas dúvidas sobre esse processo e sobre como as empresas devem atuar em relação a isso.

Por isso, mostraremos aqui tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Confira!

Onde podemos chegar com a cloud computing?

Antes de tudo, é importante saber exatamente do que estamos falando. Afinal, por mais que a cloud computing esteja sendo amplamente discutida, é fundamental compreender de que forma as empresas serão afetadas no dia a dia.

Isso ajudará você a desenvolver um prospecto daquilo que pode ser um grande benefício para suas equipes.

Principais características

Grosso modo, o que a computação em nuvem tem a oferecer é mais do que o que se imaginava da cloud em um primeiro momento. Muitas empresas já utilizam o sistema de armazenamento de dados e backup online, o que já é um serviço interessante. A principal diferença é que a cloud computing lida também com processamento.

Estamos falando da disponibilização de uma infraestrutura inteiramente digital para sua empresa. O provedor do serviço oferece não só um espaço para dados, mas a arquitetura para servidores e o processamento de aplicativos. Tudo o que antes era obrigatoriamente sustentado dentro de uma empresa pode, agora, ser transferido para a nuvem.

SaaS e IaaS

Entender estes dois dos principais modelos do serviço ajudam a visualizar o impacto da cloud computing nas empresas. Começando pelo Software as a Service (SaaS) ou Software como um Serviço. É muito simples.

Em vez de oferecer um software que precisa ser instalado em seus computadores ou na rede da empresa, o provedor fornece a aplicação diretamente na nuvem. O próprio fornecedor é responsável pela gestão da ferramenta, eliminando diversos gastos para o contratante. Além disso, as atualizações são feitas automaticamente, sem que sua equipe de TI precise planejá-las e executá-las manualmente.

Infrastructure as a Service (IaaS), por sua vez, é o que há de mais avançado em tecnologia de cloud computing. Toda a infraestrutura, desde servidores até softwares, é terceirizada para a nuvem.

Tendo isso em mente, é preciso compreender que trata-se de um caminho sem volta. Afinal, a possibilidade de redução de custos,  capacidade de mudanças rápidas, visibilidade e controle que são proporcionadas pela cloud computing, fará com que as empresas que não se adaptarem se tornem obsoletas com o passar do tempo.

É preciso estar preparado para não perder competitividade no mercado em que atua!

O que pode ser feito?

O primeiro passo é pensar de que forma a cloud computing pode beneficiar os negócios de sua empresa. Fazer um levantamento de como os recursos de TI são utilizados atualmente e de que forma eles podem render mais com a nuvem é fundamental. Afinal, será preciso planejar uma migração, mesmo que não seja imediata.

A cloud computing vem transformando até mesmo os modelos de negócio. Atualmente, empresas lançam produtos em uma linha de produção totalmente diferente, superando qualquer expectativa de tempo para entrega — tudo graças à tecnologia do mundo digital.

Há um ponto-chave nessa questão: o papel dos profissionais do futuro.

Em busca de novos talentos

Ao contrário do que era visto há algumas décadas, as empresas não precisam mais investir exclusivamente no crescimento de suas instalações para aumentar o faturamento. É preciso compreender que os processos estão se tornando mais orgânicos e exigem profissionais que saibam lidar com eles.

O pensamento disruptivo é o alicerce de uma empresa que atua na nuvem. Inovar é mais do que preciso — é obrigatório. O que a empresa precisa ter em mente é que serão necessários profissionais para desempenhar funções que, hoje, ainda não existem.

Não se trata de adaptação, mas de preparo.

Como realizar o planejamento e a migração?

Como dito anteriormente, é fundamental realizar o quanto antes uma análise sobre como a nuvem pode beneficiar a empresa. Em seguida, é preciso desenvolver um planejamento para migrar para a cloud computing (veja mais no eBook Como migrar para a Nuvem). Esta é a etapa mais básica para estar preparado. Se necessário, busque o suporte de uma consultoria especializada.

O objetivo é elaborar um prospecto de migração completa, ainda que seja utilizando uma infraestrutura híbrida. Tudo vai depender do tipo de produto ou serviço que sua empresa oferece.

Atenção às novas tecnologias

Mesmo antes de iniciar a migração, é preciso manter os olhos abertos para duas questões: a melhoria constante de seus processos e as novas soluções tecnológicas. A primeira visa garantir que a empresa não fique engessada em uma cultura empresarial que impeça mudanças. Caso uma oportunidade surja, é preciso agarrá-la.

Quanto às novas soluções, é fácil perceber que elas estão surgindo com uma frequência cada vez maior. É possível que uma nova tecnologia ligada à nuvem revolucione a forma como as empresas lidam com seus negócios. Por isso, é essencial manter todos os funcionários atualizados.

Empresas que já nascem estruturadas na nuvem tendem a estar mais dispostas a implementar novas tecnologias. Isso pode fazer com que os desatentos fiquem para trás. Não à toa, grandes corporações como Google, Microsoft e IBM vêm reavaliando sua cultura organizacional para implementar a tecnologia como uma ferramenta que gera valor.

O limite entre espaço físico da empresa, o mundo digital e o real se torna cada vez mais abstrato. Os próprios ativos da empresa, como computadores e smartphones, já se misturam aos dos profissionais — basta ver a ampla adoção da estratégia de BYOD (Bring Your Own Device).

Cloud computing é o nome da solução que permeia as relações entre pessoas e processos corporativos, tornando o ambiente específico no qual essas pessoas se encontram cada vez menos importante.

Faça uma avaliação em sua empresa e veja como a tecnologia pode revolucionar a sua atuação no mercado!

Quer saber mais sobre cloud computing e outros temas do gênero? Então inscreva-se já em nossa newsletter e receba mais conteúdos!