Nos tempos modernos em que vivemos, internet é sempre uma necessidade básica, como água e energia elétrica. No ambiente empresarial, essa ferramenta é utilizada para suporte às atividades diárias, com o TI, sendo ainda mais fundamental atualmente para as empresas do que era antigamente.

Se o objetivo é adotar uma boa infraestrutura de rede, o Wifi as a service é uma solução cada vez mais recomendada, pois agrega grandes benefícios como redução de custos e uma gestão mais simplificada do setor de tecnologia.

Para aprender mais informações interessantes sobre esse conceito, continue lendo este artigo até o final.

O que é Wifi?

Quando a internet surgiu, dependia da transmissão de dados via cabos que funcionavam como interlocutores na comunicação entre dois dispositivos. Claramente, esse paradigma impunha limitações de espaço e de mobilidade e precisava de uma organização maior com os fios para que o desempenho não fosse comprometido. A manutenção também envolvia um cuidado maior de quem instalasse.

Então, algumas empresas se uniram para desenvolver um padrão para internet sem fio, que transmite um sinal a partir de um ponto de acesso, o IEEE 802.11, conhecido popularmente como wireless fidelity (wifi ou “fidelidade sem fio” em português).

A tecnologia ganhou bastante adesão, muito por causa do seu custo reduzido, por isso se tornou praticamente obrigatória em qualquer prédio público ou residência privada.

O que é Wifi as a service?

O Wifi as a service é, como o nome sugere, um serviço endereçado para companhias que necessitam de internet sem fio. Como mencionado no tópico anterior, uma rede desse tipo é uma necessidade básica das empresas, pois a forma como as atividades cotidianas acontecem demonstra a dependência dessa tecnologia.

Mas a internet pode ser um grande problema para as organizações: os custos podem ser altos, com a necessidade constante de manutenção e atualização, bem como a falta de monitoramento e de dados para controle e para gestão.

O Wifi as a service é uma solução para esse problema. É uma espécie de serviço de assinatura que vem com software, hardware e sistema de gestão para permitir um controle maior e mais organizado da rede wireless. Assim, os gestores pagam apenas pelo que usam e contam com uma ferramenta que auxilia no acompanhamento da infraestrutura por um período contínuo de tempo.

Quais as vantagens?

Redução de custos

As vantagens são inúmeras. Uma delas é a redução de custos na adesão. Assim como a computação em nuvem, o paradigma de internet sem fio como um serviço envolve um gasto muito menor para a implementação, o que ainda é compensado, pois as taxas são adequadas ao uso.

Não há grandes dispêndios com infraestrutura interna, equipamentos ou pessoal, já que tudo isso fica por conta da organização que provê a solução. A forma de pagamento simples, como uma assinatura, é outro dos pontos positivos, pois facilita a gestão dos balanços mensais e permite um monitoramento mais rigoroso das finanças.

Flexibilidade

O suporte ao crescimento e à adição de novos dispositivos também agrada bastante. Dessa forma, é possível um melhor aproveitamento dos recursos da companhia, os já existentes e os novos. Com isso, é possível conseguir escalabilidade, uma característica imprescindível para as empresas no mercado moderno.

Caso precise aumentar ou diminuir a capacidade, é fácil mensurar isso na gestão das finanças também.

Melhoria da experiência do contratante

Outro grande benefício é a melhoria da experiência do cliente, que no caso é a empresa contratante. Com o Wifi as a service, o trabalho tende a ser rápido com problemas sendo resolvidos rapidamente por uma equipe especializada para isso e uma série de informações que favorecem o monitoramento em tempo real por parte dos gestores.

Desse modo, os funcionários de sua empresa e você perdem menos tempo e podem se concentrar em atividades estratégicas e fundamentais para os negócios, sem interrupções desagradáveis.

Segurança

segurança em um serviço desse tipo também é uma grande vantagem. Toda e qualquer conexão à internet está vulnerável a ataques de mal-intencionados, mas o paradigma do qual estamos falando consegue criar camadas extras para proteção dos seus dados e das transmissões internas da sua companhia, com o conhecimento e controle de todos os dispositivos conectados. Fica bem mais fácil fiscalizar as atividades na rede dessa maneira.

Como funciona?

Para conseguir usufruir das vantagens da internet sem fio como um serviço, as empresas devem contratar um parceiro provedor. É importante que a companhia seja confiável e que os técnicos façam uma inspeção para conhecer a infraestrutura atual das contratantes, bem como os principais problemas que deverão resolver. Assim, é possível customizar a solução para atender às necessidades, o que, evidentemente, resultará em custo mais adequado.

A partir disso, a empresa cliente contará com atendimento e suporte sempre que precisar. Ou seja, a rede será responsabilidade da companhia parceira, assim como a segurança e as manutenções, como em um serviço de outsourcing de TI. Tudo isso por uma taxa mensal de assinatura, que varia de acordo com o uso, como já mencionado.

A equipe do cliente ainda dispõe de ferramentas de monitoramento em dashboards, utilizando a lógica do Business Intelligence, dados sobre segurança e saúde da rede que suportam a tomada de decisões do setor e ajudam na preparação para situações especiais de crise. Ou seja, o contratante também controla a conexão com informações importantes e conhecimento que facilita a gestão.

Como se dá o investimento?

O investimento nesse tipo de tecnologia é concentrado em três partes: infraestrutura, software e serviços. O primeiro termo se refere à parte do hardware, equipamentos físicos da rede; o segundo é a parte lógica do manejo dos dados e a fiscalização em tempo real; ao passo que o terceiro define o sistema de relatórios e monitoramento remoto por parte do provedor, com possibilidade de atualização e controle de banda.

Em outras palavras, o serviço inclui uma solução que abrange uma série de fatores para que a internet da sua empresa seja mais consistente e segura, a fim de não se tornar um problema para as operações e para os outros setores.

Além disso, contar com uma equipe experiente e técnica para ajudar a cuidar da infraestrutura simplifica a gestão. Se esse setor deixa de ser um entrave, sua companhia passa a concentrar os esforços em outras questões mais importantes para sobreviver no mercado.

Se você gostou de aprender mais sobre o Wifi as a service e seus benefícios, não deixe de nos seguir nas redes sociais e acompanhar nossos outros artigos e dicas. Estamos no FacebookLinkedInTwitter e Google+.