Muito se ouve falar sobre a AWS no mercado de tecnologia da informação. Não por acaso, é uma das plataformas de cloud computing mais utilizadas na atualidade e a escolha de diversas organizações, incluindo as gigantes do mercado, como Netflix e Nubank.

Para quem ainda não realizou sua migração para a arquitetura de computação em nuvem, essa pode ser a solução ideal para seu negócio, conseguindo uma série de benefícios importantes para sua empresa.

Quer saber mais sobre ela e obter maior confiança para aplicá-la em seu negócio? Então, veja alguns cases de sucesso e entenda por que você precisa começar a utilizar a Amazon AWS hoje mesmo. Vamos lá?

O que é, e para que serve AWS?

O AWS é um conjunto de serviços da Amazon com foco em cloud computing, ou seja, busca oferecer poder computacional para as empresas, armazenamento de banco de dados em nuvem, entrega de conteúdo, entre outras funções primordiais.

Ela serve, principalmente, para oferecer os recursos necessários para o crescimento das organizações, de forma consistente, garantindo os recursos e a infraestrutura necessária para a viabilização de determinadas atividades da empresa.

Precificação

A plataforma Amazon AWS oferece um conjunto completo de serviços de infraestrutura, com uma precificação diferenciada, já que a empresa paga apenas por aquilo ela utilizar. Assim, se empregar um maior número de recursos em um determinado período de pico, ela pagará proporcionalmente. Da mesma forma, caso economize recursos quando tiver demandas menores, pagará um preço menor.

Sua versatilidade e praticidade garantem que, praticamente, em todos os casos, seu uso seja viável, independentemente do tamanho e da área da empresa. Os serviços são provisionados imediatamente, de forma ágil, sem necessidade de investir um capital inicial para isso.

Por isso, é bastante utilizada, inclusive, por empresas iniciantes e startups, que veem na possibilidade de não terem que arcar com custos de hardwares uma oportunidade de viabilizar seus modelos de negócios.

Flexibilidade

A plataforma também preza pela flexibilidade para seus clientes, de forma que eles possam executar seus aplicativos independentemente do tipo de uso, com escalabilidade de recursos e qualidade no desenvolvimento.

A hospedagem de aplicações inclui desde aplicativos internos hospedados até ofertas de Software as a Service (SaaS). Também pode ser uma solução interessante para as organizações que querem hospedar suas páginas Web em uma plataforma com toda a infraestrutura necessária para esse fim.

Backup e suporte

A solução ainda pode ser uma aliada importante para a realização de backup de dados confiáveis, com um custo baixo e alta eficiência. É bastante útil para as empresas que necessitam de distribuição rápida de informação para usuários finais em todo o mundo.

A própria plataforma auxilia seus usuários a compreenderem como funciona, com a oferta de vídeos de treinamento para aqueles que não têm familiaridade com ela, ensinando a usar modelos de CloudFormation para criar um site WordPress, por exemplo.

Assim, os desenvolvedores podem contar com uma série de recursos eficientes que são bastante úteis para o crescimento da empresa, o que garante a agilidade na entrega e na prestação de serviço, algo decisivo para encantar o cliente final.

Por que usar AWS e quais os principais cases de sucesso?

Diante de tantos provedores de cloud computing disponíveis no mercado, por que utilizar a Amazon AWS? Qual o tipo de benefício de adotar ela, e não outra, pode ser obtido pela sua empresa?

Você poderá perceber isso diante de uma série de cases de sucesso que apresentaremos a seguir, e que servirão de exemplo de como essa plataforma pode ser uma importante aliada para seu negócio. Acompanhe conosco!

1. Casa Branca

Uma das mais importantes e renomadas instituições governamentais do mundo, a Casa Branca talvez seja um dos mais relevantes cases da Amazon AWS. É a sede do governo dos Estados Unidos, de forma que todas as comunicações oficiais do executivo do país perpassam por esse local, de forma que a inserção da tecnologia nesse contexto é fundamental para as relações internacionais do país.

No caso analisado, falamos da White House Historical Association, cujo objetivo é tornar a história da entidade mais acessível para a população e para pesquisadores, por meio de arquivos digitalizados e experiências por meio do White House Experience Mobile App.

Desafios

Um dos principais desafios foi trazer a tecnologia e manter o ambiente educacional da fundação, possibilitando o acesso do público e pesquisadores a documentos e arquivos importantes dessa instituição.

Outro desafio foi conseguir colocar em execução o “Presidential Look-Alike”, uma ferramenta lúdica cujo objetivo é fazer com que, ao tirar uma selfie, o usuário verifique com qual presidente se parece, por meio da Amazon Rekognition, ferramenta de reconhecimento facial da Amazon.

Benefícios da AWS

A AWS possibilitou que as ferramentas de instâncias cloud levassem os dados da fundação para além de Washington, permitindo o acesso a usuários de todo o mundo.

Além disso, deu segurança para que os organizadores sintam que há uma instituição de respaldo para as ações digitais, um parceiro que, de fato, trabalhe em conjunto com eles. Para completar, auxiliou a dar um ar mais colaborativo para o trabalho interno da fundação, algo que a insere no contexto atual de modos de trabalho.

Por que usar a AWS

Com toda a sua infraestrutura de TI,  a AWS é capaz de proporcionar experiências únicas para os usuários que acessam não só o site, mas também o aplicativo da White House Historical Association.

Outro ganho importante foi ter encontrado um parceiro que não queria apenas contribuir com seus serviços, mas que também entende e aprecia a missão da associação, inserindo os dados disponíveis no contexto do século XXI.

2. Adobe Systems

A Adobe é uma das maiores empresas de desenvolvimento e entrega de softwares, sendo uma das 100 maiores empresas do mundo, segundo a Fortune. É a responsável por alguns dos programas mais utilizados mundialmente, como o editor de imagens Photoshop, melhorando a experiência digital de milhares de usuários.

Desafios

Por ser uma empresa já com produtos e serviços do ramo de mídia digital e marketing nesse contexto, um dos grandes desafios foi juntar forças com outra gigante do mercado para formar uma parceria duradoura.

Inclusive, por ser uma empresa já com considerável reputação no mercado, é preciso que toda e qualquer alteração não leve à perda de produtividade e queda na qualidade dos produtos oferecidos pela Adobe. 

Benefícios da AWS

A API rica da Amazon AWS foi um dos principais benefícios e consequente razão para a escolha dessa plataforma de cloud computing pelos responsáveis da Adobe. Isso permitiu uma maior integração com os sistemas próprios de automação, bem como proporcionou um ambiente de operações consideravelmente eficiente.

Por que usar a AWS

A Adobe já é uma gigante do mercado, muito antes da popularização da cloud computing. Por isso, a organização necessita de parceiros fortes que sejam capazes de proporcionar um crescimento seguro, sem pôr em xeque a credibilidade da empresa.

Nesse quesito, a Amazon foi uma escolha certa e que auxilia consideravelmente a organização a se manter como uma das gigantes do mercado de software.

3. Netflix

A Netflix é atualmente o provedor de conteúdo online de audiovisual mais acessado no mundo. Seu crescimento permitiu que se tornasse até mesmo criadora de conteúdo, produzindo suas próprias séries e filmes autorais. O resultado é uma empresa que já teve filmes premiados no Oscar (como Roma).

Por isso, a demanda para acesso à plataforma de forma estável e com continuidade é crescente, e com um agravante: o conteúdo audiovisual requer uma estrutura mais robusta, para que possa chegar sem lags ou perda de qualidade até o consumidor final. São bilhões de horas de conteúdo disponibilizadas para mais de 8,8 milhões de assinantes.

Desafios

Um dos maiores desafios para a Netflix é a elasticidade e disponibilidade global de serviços. Independentemente do lugar em que estejam no mundo, todos os usuários devem ter acesso aos conteúdos disponibilizados na plataforma, sem perda de qualidade, em tempo real, e sem falhas no processo.

Além disso, devemos considerar a importância do Big Data para o Netflix, já que ele trabalha com algoritmos preditivos para indicar as séries e filmes mais próximos do gosto do usuário. Isso implica retenção de dados para serem avaliados por meio de machine learning, deep learning, entre outras ferramentas.

Benefícios da AWS

A AWS permite que o serviço oferecido pela Netflix (streaming de conteúdo audiovisual) seja entregue com qualidade, agilidade e estabilidade, minimizando falhas que possam gerar queda no sistema.

Essa solução também foi bastante benéfica para o setor de Big Data da Netflix, uma das primeiras a incorporar o cloud computing em suas atividades. O setor gera dezenas de milhares de instâncias, ocorrendo por três diferentes regiões no AWS, centenas de microsserviços e centenas de milhares de solicitações por segundo.

Só é possível atender todos os clientes com qualidade por meio de uma plataforma robusta como a AWS, que também foi responsável por orientar a empresa para uma cultura DevOps, inserindo a Netflix nesse contexto de inovação que é uma tendência cada vez maior no mercado.

Por que usar a AWS

A AWS possibilitou que os desenvolvedores pudessem explorar a criatividade sem maiores problemas, com um número maior de recursos disponíveis.

Ela garante ainda a disponibilidade do serviço de streaming devido à escalabilidade de recursos, de forma que, mesmo com o grande número de solicitações de acesso, todos os usuários possam acessar os filmes e séries que desejam, sem perder a qualidade e sem problemas com falhas e quedas no serviço.

A elasticidade e escalabilidade são extremamente fundamentais para um serviço dessa natureza e, por isso, a AWS foi escolhida como parceira de uma gigante nesse processo.

4. Amazon Prime Video

E quem disse que santo de casa não faz milagre? A própria Amazon consegue se beneficiar do uso da plataforma AWS. Neste case, especificamente, falamos do  Amazon Prime Video.

Ele é um serviço de streaming criado pela empresa homônima, atualmente, com grande reputação no mercado, disputando páreo a páreo com a Netflix. Também oferece conteúdo original, com séries consagradas, como “Deuses Americanos”, “Jack Ryan”, “O Homem do Castelo Alto”, entre outras.

Desafios

Um caso bastante peculiar e que demonstra o quanto a AWS é benéfica até para a própria empresa foi quando a Amazon Prime Video ganhou os direitos de transmissão da NFL Thursday Night Footbal, um dos maiores campeonatos dos Estados Unidos, adorado por espectadores de todos os lugares do mundo. 

Assim, era necessário propiciar a melhor experiência possível para milhões de usuários que queriam acompanhar seus times favoritos. Lembrando que o grande desafio é manter a qualidade da transmissão o tempo todo , evitando quedas, já que é um esporte no qual a perda de segundos pode prejudicar consideravelmente a experiência do espectador.

Diante disso, o maior desafio de todos era garantir um suporte ágil e rápido caso houvesse problemas de tráfego de dados. Outra preocupação era oferecer anúncios durante a transmissão que gerassem engajamento e fossem efetivos para as empresas anunciantes, tendo em vista que isso era algo inovador no momento.

Benefícios da AWS

Por meio do uso da Amazon AWS, foi possível entregar uma transmissão confiável, estável e segura para 18,4 milhões de fãs de futebol americano, em todo o mundo.

Também permitiu alta disponibilidade, por meio de um serviço escalável e com baixa latência. Dessa forma, gerou uma transmissão limpa, com máximo de qualidade, sem falhas e capaz de superar as expectativas do usuário.

Ademais, ofereceu todo o suporte e ajuda para os anunciantes otimizarem suas campanhas e performance. Com isso, todos saíram ganhando.

Por que usar a AWS

A AWS foi utilizada para todos os serviços relacionados com a transmissão dos jogos da NFL, promovendo flexibilidade, elasticidade de banda e confiabilidade em todos os jogos, independentemente do número de instâncias geradas.

Além disso, foi incluído o serviço AWS Elemental MediaTailor, que gera monetização de vídeos inseridos como anúncios durante a transmissão.

5. Nubank

O Nubank é uma das fintechs revolucionárias no Brasil, inovando o mercado de serviços financeiros no país. Isso porque foi um dos primeiros a fornecer um cartão de crédito sem anuidade para o cliente, com uma taxa de juros reduzida em comparação com os grandes bancos do mercado e cuja gestão é totalmente feita por dispositivos móveis.

Também inovou quando lançou a NuConta, serviço de conta digital sem tarifa, em que o dinheiro do usuário é aplicado, rendendo um percentual maior do que a poupança.

Desafios

Ao lidar com uma fintech do setor de crédito, o maior desafio envolvido é a questão de segurança da informação. Afinal, estamos falando de dados sensíveis dos usuários e, além disso, ataques com o objetivo de fraudar o sistema são constantes.

Manter um data center próprio poderia gerar problemas, como não ter profissionais habilitados para gerenciar questões de segurança ou a contratação de especialistas poderia ser bastante onerosa para a empresa.

Benefícios da AWS

A AWS foi uma das grandes responsáveis pelo crescimento exponencial do Nubank. Seu cartão de crédito foi lançado cerca de 7 meses depois da abertura da empresa e, hoje, conta com um crescimento de mais de 3000% ao ano (entre 2015 e 2016).

A AWS oferece serviços importantes para o Nubank, como o Redshift, um importante aliado para o setor de Big Data da empresa, que auxilia a tornar o modelo de negócios orientado a dados, além do AWS CloudFormation, utilizado em larga escala, com o intuito de automatizar a infraestrutura da fintech.

Além do mais, a adoção da plataforma AWS de imediato foi bastante estratégica para a fintech, já que havia a perspectiva de reduzir o número de decisões tomadas de forma antecipada. Também auxiliou no crescimento da empresa, já que não foram necessários grandes custos com aquisição de hardware, permitindo investir mais no negócio em si do que nas tecnologias.

Por que usar a AWS

A plataforma conseguiu superar o desafio da área e proporcionar para a empresa e para o usuário final a segurança necessária para exercer atividades financeiras sem maiores problemas, protegendo o banco de dados do negócio.

A AWS é o cerne tecnológico do Nubank. Sua adesão inicial permitiu que os desenvolvedores não precisassem se preocupar com infraestrutura, podendo direcionar seus esforços para outros setores ligados ao core business da startup.

6. Vodafone

A Vodafone Hutchison Australia (VHA) é uma das gigantes do setor de telecomunicações e foi formada por meio da fusão entre Vodafone Australia e Hutchison 3G Australia. São mais de 6 milhões de consumidores que utilizam os serviços dessa gigante.

A empresa promove um serviço de televisão interativa, conhecido como Mobile TV. Um dos principais atrativos é a aplicação Cricket Live Australia, que permite que os fãs assistam aos jogos e checar ao vivo os resultados em seus smartphones e tablets.

Em 2012, implementou uma solução de interação chamada Vodafone Viewer’s Verdict, no qual os telespectadores poderiam dar voz às suas opiniões e interagir com o Channel 9, responsável pelas transmissões dos jogos.

Desafios

Um desafio que estava claro para Vodafone era que o tráfego para seu aplicativo atingiu o ápice, justamente, quando a temporada internacional de críquete estava no auge na Austrália (já que aumentou a demanda de espectadores). 

Na temporada 2011/2012, foram mais de 700.000 consumidores que baixaram o aplicativo, o que gerou a necessidade urgente em suprir a demanda e atender todos os usuários com qualidade, sem deixar nenhum deles sem o serviço.

Além disso, a ideia era evitar o aumento de custos com recursos adicionais, já que seriam subutilizados no período entre temporadas.

Benefícios da AWS

Antes de investir na AWS, a Vodafone suportava apenas 3.000 streamings simultâneos. A partir da utilização do serviço da Amazon, tornou-se capaz de prover até 10.000 live streams simultâneas.

Com isso, tornou-se possível promover um serviço de mobile streaming disponível para qualquer dispositivo móvel, com custos reduzidos, sendo possível adicionar ou eliminar instâncias de acordo com a demanda requisitada.

Por que usar a AWS

A solução foi utilizar o Amazon Elastic Compute Cloud (Amazon EC2) para promover um uso elástico e escalável de recursos. Assim, a organização só precisava arcar com os custos de acordo com o aumento de demanda, retornando aos valores normais posteriormente, distribuindo o tráfego das aplicações mobile de acordo com as instâncias.

A Vodafone queria combinar uma arquitetura cloud computing com uma empresa terceirizada com uma rede que suportasse o armazenamento dos jogos de críquete. A escolha foi a Amazon AWS, considerando, em especial, a maturidade da empresa nesse mercado.

Com isso, a empresa conseguiu possibilitar um serviço inovador para clientes aficionados por um esporte tradicionalíssimo na Austrália, sem perder qualidade nas transmissões e permitindo que os espectadores tivessem uma experiência diferenciada, em um período em que esse tipo de interação começava a ser inserido no contexto mobile.

A empresa também passou a contar com o serviço de banco de dados da Amazon (Amazon Relational Database Service) para MySQL DB Instance, para conseguir armazenar os placares dos jogos para geração de conteúdo posterior, a ser transmitido no Channel 9, bem como para informar os espectadores durante a transmissão.

Como implementar na minha empresa?

Diante dos tantos cases de sucesso que apresentamos, fica difícil não se sentir tentado a utilizar a Amazon AWS em sua empresa, não é mesmo? E está certo, afinal, seus benefícios são percebidos praticamente de imediato, auxiliando na redução de custos e no crescimento da empresa em longo prazo.

Porém, a sua simples adesão não é o suficiente. É necessário que você faça uma implementação eficiente, para reduzir custos, minimizar falhas e levar sua empresa ao máximo de eficiência com o melhor custo-benefício.

Para isso, conte com consultorias especializadas. Elas realizarão o estudo sobre seu negócio, verificando quais são as peculiaridades dele e o que deve ser feito para tornar a migração viável. Como vimos, até mesmo gigantes do mercado realizaram o processo de transição com parcimônia, de forma que isso deve ser bem estruturado, para minimizar os riscos de prejuízos.

Inclusive, a consultoria também é responsável por acompanhar até mesmo o processo pós-implementação, ao avaliar se tudo está ocorrendo bem e realizar as mudanças necessárias, caso seja preciso.

A consultoria também pode auxiliar em um ponto primordial para a adesão e implementação de provedores de cloud computing: a mudança da mentalidade da empresa. Afinal, não adianta você investir capital e realizar todo o processo de adesão à nuvem se os seus colaboradores continuam com a mentalidade de data centers tradicionais. O resultado ficará aquém do necessário.

Com isso, os consultores realizarão imersões, palestras e cursos, mostrando a importância e necessidade de aderir a esse novo contexto tecnológico, que é o futuro das organizações de tecnologia da informação. Os profissionais que não se adaptarem a esse novo contexto ficarão para trás.

Achou este conteúdo interessante? Então, compartilhe-o em suas redes sociais e faça com que outros colegas da área vejam os benefícios de adoção da Amazon AWS em suas empresas!