Você sabe o que é o armazenamento em bloco? Esse modelo de storage assemelha-se a HD pessoal, ou seja, você pode instalá-lo em um servidor e criar um sistema de arquivos para armazenar os seus dados. Esse armazenamento pode ser provisionado em nuvem, conectando-se a qualquer instância de um servidor virtual e funcionando como uma unidade local, onde o usuário armazena arquivos, backups e outros. Um exemplo de armazenamento em bloco é o Amazon Elastic Block — Amazon EBS.

Neste post, vamos esclarecer as maiores dúvidas que os usuários têm em relação ao armazenamento em blocos e entender as diferenças em relação ao armazenamento de objetos. Assim, ficará muito mais fácil para conhecermos as vantagens desse modelo e como ele vem ganhando impulso em conjunto com a computação em nuvem.

Quer entender melhor o armazenamento em bloco? Continue lendo!

1. Por que usar o armazenamento de blocos?

O armazenamento em blocos é ideal para os usuários que procura um storage em que possam acessar e fazer alterações com frequência. Mesmo sem ser tão dimensionável quanto o armazenamento de objetos, nele, os dados individuais podem ser modificados sem comprometer o bloco como um todo.

Muita gente, erroneamente, acaba abrindo mão do storage em blocos por causa do preço, mas se esquecem de analisar o custo-benefício: nesse modelo de armazenamento, os dados podem ser acessados sem prejudicar o desempenho do sistema operacional.

2. Em quais casos o armazenamento em bloco está indicado?

O armazenamento em bloco é recomendado para os usuários que trabalham com softwares que dependem de um storage de alta disponibilidade e do desempenho de uma SAN. Também é recomendado para quem necessita de backups integrados para os seus dados em grande volume, como os que são produzidos pelas infraestruturas corporativas.

Com esse modelo de armazenamento, o sistema se beneficia de elasticidade, estabilidade e desempenho, com um gerenciamento simplificado. E você só pagará pelo que utilizar, sem ficar com servidores ociosos.

3. O que é SAN?

Falamos acima que, ao optar pelo armazenamento de bloco, você seria beneficiado pelo desempenho de uma SAN — Storage Area Network (rede dedicada para armazenamento). Estamos falando de infraestruturas de rede que buscam a interligação de unidades de armazenamento e servidores, com o objetivo de proporcionar mais segurança e performance no tráfego de dados.

Uma SAN consegue unificar os recursos de armazenamento em uma rede local exclusiva, oferecendo um excelente desempenho e independência, ou seja, fica fora do acesso direto das requisições que forem feitas pelos usuários.

4. Quais são as suas principais vantagens?

A primeira vantagem do uso do armazenamento em bloco é sua alta compatibilidade e usabilidade. Além disso, é versátil, permitindo que toda linguagem de programação seja capaz de ler e gravar arquivos de forma simplificada no storage.

As permissões de sistemas de arquivos e controle de acesso podem ser configuradas de forma intuitiva. Além disso, os dispositivos de armazenamento em bloco fornecem I/O de baixa latência, ou seja, são extremamente adequados para a utilização em bancos de dados com grande volume.

5. Qual é a diferença entre o armazenamento em bloco e o de objetos?

Agora que você já sabe o que é o armazenamento em bloco, por que utilizá-lo, em quais situações ele é recomendado e suas vantagens, vamos entender melhor a diferença entre esse modelo de storage e o de objetos. Confira!

Armazenamento em blocos

Ideal para softwares empresariais e bancos de dados, o armazenamento de bloco entrega baixa latência para cada host, ideal para cargas de trabalho de alto desempenho. Um grande expoente desse tipo de armazenamento é o Amazon Elastic Block, que é provisionado com cada servidor virtual para, justamente, entregar essa baixa latência.

Armazenamento de objetos

O armazenamento de objetos é ideal para usuários que têm aplicativos desenvolvidos na nuvem e que necessitam de grande escalabilidade. Podemos destacar, entre as principais soluções de armazenamento de objetos, o Amazon Simple Storage Service (Amazon S3), que é ideal para a criação de aplicativos avançados que exijam alto índice de flexibilidade e escalabilidade.

Esse modelo de storage também pode ser utilizado para o usuário que deseja fazer a importação de armazenamento de dados para uma análise, fazer backups ou arquivamentos.

6. Qual a sua utilidade para banco de dados?

O storage em blocos não depende de um caminho único, como acontece com outros modelos. Assim sendo, a recuperação de dados acaba sendo mais rápida. Isso acontece porque cada bloco existe independentemente e têm a possibilidade de particionamento, para que sejam acessados em sistemas operacionais diferentes. É isso que proporciona a versatilidade para que o usuário tenha total liberdade para fazer a configuração dos próprios dados.

Portanto, podemos dizer que o armazenamento em blocos é uma maneira eficiente e confiável de armazenar os dados. Como já mencionamos, esse sistema é ideal para usuários que têm uma alta demanda por transações ou que dependem de bancos de dados muito grandes, como os empresariais. Em suma, podemos dizer que, se a sua empresa produz um grande volume de dados, o armazenamento em bloco é o mais adequado para ela.

7. Por que o armazenamento de blocos está ganhando impulso?

Com gigantes do mundo da tecnologia, como a Dell EMC e a Amazon, investindo pesado em serviços desse modelo de storage, podemos afirmar que o armazenamento em bloco vem provando-se como uma tecnologia que tem um futuro promissor. Como toda solução, esse modelo também apresenta os seus prós e contras, mas isso dependerá da demanda de cada empresa.

O armazenamento de objetos continuará sendo indicado para alguns casos, e o armazenamento de blocos para outros, mas não podemos negar que essas duas soluções estão despontando no mercado. Se a sua empresa está querendo migrar os servidores para a nuvem e basear o sistema empresarial, essa alta demanda certamente será adequada ao armazenamento em blocos.

Neste post, tiramos algumas dúvidas sobre o armazenamento em bloco, para que você migre os seus sistemas e arquivos com mais embasamento. Para que tudo ocorra de forma fluída, o ideal é que sua empresa contrate uma parceira que seja especializada em soluções de cloud computing, para realizar a estruturação do armazenamento em bloco na nuvem, além de ajudar na formação estrutural e entregar um suporte para o gerenciamento,

Quer aproveitar os benefícios do armazenamento em bloco? Entre em contato conosco e descubra como.